VACINA ROTAVÍRUS PENTAVALENTE

PEDIDO MÉDICO

-

ESQUEMA VACINAL

3 doses a partir de 6 semanas de idade. A primeira dose deve ser aplicada até 3 meses e 15 dias de idade. A terceira dose deve ser aplicada até no maximo 7 meses e 29 dias de idade.

FAIXA ETÁRIA RECOMENDADA NA BULA

A partir de 6 semanas. Primeira dose não pode ultrapassar 3 meses e 15 dias de idade. Terceira dose não pode ultrapassar 7 meses e 29 dias.

COMPOSIÇÃO

Cada dose de 2 mL contém os seguintes rearranjos de rotavírus humano-bovino: G1, G2, G3, G4 e P1A (genótipo P[8]), aqui denominado como P1[8]. Os níveis mínimos dos rearranjos são os seguintes: G1 2,2 X 106 unidades infecciosas G2 2,8 X 106 unidades infecciosas G3 2,2 X 106 unidades infecciosas G4 2,0 X 106 unidades infecciosas P1[8] 2,3 X 106 unidades infecciosas Os rearranjos são propagados em células Vero utilizando técnicas-padrão de cultura de tecidos na ausência de agentes antifúngicos. Ingredientes Inativos: Os rearranjos são suspensos em uma solução tamponada estabilizadora. Cada dose da vacina contém sacarose, citrato de sódio, fosfato de sódio monobásico monoidratado, hidróxido de sódio, polissorbato 80, meios de cultura e traços de soro fetal bovino. A solução não contém conservantes nem timerosal. A vacina contra rotavírus pentavalente é um líquido amarelado claro que pode ter tom rosado.

CONTRAINDICAÇÃO

Indivíduos com hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da vacina; Imunossupressão grave; Intussuscepção associada temporalmente a dose anterior da vacina Rotavírus

FABRICANTE

MSD

VIA DE APLICAÇÃO

Oral

EVENTOS ADVERSOS MAIS COMUNS

Pode ocorrer aumento no número de evacuações após a vacina.

INDICAÇÃO

Prevenção de diarreia grave causada por rotavírus

NOME COMERCIAL

RotaTeq

NECESSITA AGENDAMENTO

Sob Demanda Ou Agendamento

ORIENTAÇÕES GERAIS

Vacinas são produtos elaborados a partir de microrganismos ou porções desses microrganismos que, quando administrados, levam ao desenvolvimento de uma resposta do sistema de defesa que protegerá a pessoa vacinada se ela entrar em contato com o microrganismo que causa a infecção. Existem tipos de vacinas sendo elas: Vivas atenuadas: são aquelas desenvolvidas a partir da atenuação de um vírus ou bactéria em laboratório. Esses produtos são administrados e ocorre uma resposta imunológica com nenhum ou muito baixo risco de desenvolvimento de doença quando comparado ao microrganismo causador da infecção. Inativadas: são as vacinas desenvolvidas a partir de partes ou produtos dos microrganismos. Nesses casos, não é possível ocorrer infecção a partir da vacinação.

vacina disponível nas unidades:

    Agendar online
    Siga nossas mídias

    Núcleo de Atendimento ao Cliente

    certificações

    PALC

    © 2018 Lavoisier
    Todos os direitos reservados